Sobre

Abandonar a conceção instrumental dos cuidados à pessoa idosa, implica a redefinição da prestação de cuidados como um processo social complexo. Este processo compreende a identificação e reconhecimento das suas necessidades, a resposta a essas necessidades e a avaliação da forma como essa resposta é apreendida pela pessoa.

Tal implica não reduzir o papel da pessoa idosa ao de simples beneficiário de cuidados (Palomo et al, 2021). Ao invés, exige que seja valorizado o seu contributo para o processo do cuidado, desde a conceção do seu plano individual ao contexto da interação com quem cuida, pares e familiares, produzindo-se grande impacto no seu bem-estar e daqueles que asseguram a resposta às suas necessidades.

Consulte atividades, parque auto e restauração.

Conheça a equipa de oradores presente neste seminário internacional.

Conheça as empresas que apoiam este projeto.

Conheça a Comissão Organizadora e a Comissão Científica

EVENTO PRESENCIAL E ONLINE

Se não recebeu o e-mail com o seu link de acesso envie mensagem para seminario.misericordiatrofa.2024@gmail.com ou Whatsapp: 912279488, indicando o ID da sua inscrição.

Dias
Horas
Minutos
Seconds
O Seminário Chegou ao Fim

Comissão Organizadora

Zélia Reis

Diretora Delegada e Membro da Mesa Administrativa
da Misericórdia da Trofa

Licenciada em Serviço Social, ano 1991, pelo Instituto Superior de Serviço Social do Porto.
Possui Curso de Mestrado em Ciências do Serviço Social, ano 2004, pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar em parceria com o Instituto Superior de Serviço Social do Porto e a faculdade de Economia, da Universidade do Porto.
Doutorada em Sociologia, ano 2020, pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho.
É co-autora de diversos trabalhos científicos e responsável por comunicações várias em Congressos nacionais.
Exerce actividade profissional há 32 anos e à data é Directora Delegada e integra a Mesa Administrativa da Misericórdia da Trofa, acumulando o cargo de Secretária, no mandato social de 2020-2024.
Recentemente, foi convidada a integrar a equipa de profissionais da Via Hominis Humanitude Portugal com funções de acompanhamento de processos institucionais de implementação da metodologia Cuidados Humanitude.

Alice Delerue Matos

Professora Associada da universidade do minho

Professora Associada no Instituto de Ciências Sociais, da Universidade do Minho. Ao longo da sua carreira, tem contribuído ativamente para várias organizações profissionais, onde tem ocupado cargos de direção ou de coordenação científica.

A sua investigação centra-se sobretudo na Sociologia do Envelhecimento, área em que tem coordenado numerosos projetos financiados pela Comissão Europeia, FCT e Fundação Calouste Gulbenkian, entre outras.

É autora ou coautora de mais de uma centena de artigos científicos e capítulos de livros em colaboração com equipas de investigação internacionais. Foi distinguida com o Prémio de Mérito de Docência pela Universidade do Minho e 3 dos projetos de investigação ação que coordenou receberam Prémios de Boas Práticas. É ainda consultora em Organizações do Terceiro Setor, apoiando o desenho, implementação, monitorização e avaliação de impacto de projetos de intervenção social.

Maria Amélia

Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses e Presidente do Secretariado Regional do Porto da União das Misericórdias Portuguesas

Médica, Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses. Professora Catedrática aposentada da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Intervenção nas áreas de Humanidades nas Ciências da Saúde. Coordenadora de um Programa de Ação Social no Envelhecimento “in community”: Serviço Móvel de Saúde, que agrega SMS+Cuidadores, SMS2Rural (fisioterapia no domicílio), SMS+GreenCare (intervenção não-farmacológica no envelhecimento), MISSE – Modelo Integrado de Saúde Social no Envelhecimento (consultas especializadas no domicílio e tele consulta gratuita para idosos em défice económico e social), Programa PEC (Programa de Estimulação Cognitiva no Envelhecimento) e Musicalidade.

Afonso Pimentel

Presidente da Via Hominis, Humanitude Portugal

Co-fundador e Presidente da Via Hominis – Humanitude Portugal.

Pedro da Silva

Diretor Coordenador e Secretário da Mesa Administrativa
da Santa Casa da Misericórdia de Freamunde

Licenciado em Enfermagem
Possui formação em Gestão de Organizações da Economia Social
Formador de “Anatomofisiologia” no SIMAC (Sindicato Nacional de Masssagistas de Recuperação e Cinesioterapeutas) e de “Auxiliares de Saúde e Geriatria” na Escola Talentos

Comissão Científica

Alice Delerue Matos

Alice Delerue Matos é Professora Associada no Instituto de Ciências Sociais, da Universidade do Minho. Ao longo da sua carreira, tem contribuído ativamente para várias organizações profissionais, onde tem ocupado cargos de direção ou de coordenação científica.

A sua investigação centra-se sobretudo na Sociologia do Envelhecimento, área em que tem coordenado numerosos projetos financiados pela Comissão Europeia, FCT e Fundação Calouste Gulbenkian, entre outras.

É autora ou coautora de mais de uma centena de artigos científicos e capítulos de livros em colaboração com equipas de investigação internacionais. Foi distinguida com o Prémio de Mérito de Docência pela Universidade do Minho e 3 dos projetos de investigação ação que coordenou receberam Prémios de Boas Práticas. É ainda consultora em Organizações do Terceiro Setor, apoiando o desenho, implementação, monitorização e avaliação de impacto de projetos de intervenção social.

Amélia Ferreira

Médica, Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses. Professora Catedrática aposentada da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Intervenção nas áreas de Humanidades nas Ciências da Saúde. Coordenadora de um Programa de Ação Social no Envelhecimento “in community”: Serviço Móvel de Saúde, que agrega SMS+Cuidadores, SMS2Rural (fisioterapia no domicílio), SMS+GreenCare (intervenção não-farmacológica no envelhecimento), MISSE – Modelo Integrado de Saúde Social no Envelhecimento (consultas especializadas no domicílio e tele consulta gratuita para idosos em défice económico e social), Programa PEC (Programa de Estimulação Cognitiva no Envelhecimento) e Musicalidade.

Amélia Martins

Licenciada em Serviço Social, Pós-graduação em Neuropsicologia Clínica e Especialista em estimulação Multissensorial. Doutorada em Psicologia Cognitiva pela Universidade de Coimbra.

Vários artigos e livros publicados no âmbito da Gerontologia. Formadora de Snoezelen em Portugal, Espanha, Brasil e Itália. Membro da Direcção Internacional do ISNA-MSE.

Co-fundadora e formadora na Cooperativa Via Hominis -Humanitude Portugal, formadora Humanitude em Portugal, Itália e Espanha.

Rosa Melo

Professora coordenadora na Escola de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC). Pós-Doc “Cuidar com Humanitude” pela Universidade Federal de São Paulo, Brasil.

Doutorada em Enfermagem pela Universidade Católica Portuguesa. Mestre em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra. Investigadora principal do projeto “Implementação da Metodologia de Cuidado Humanitude”.

Coordenadora do projeto de extensão à comunidade “Formar para cuidar em Humanitude”. Coordenadora do projeto “Cuidadores informais: capacitar para cuidar de pessoas com demência”, inscrito na Unidade de Investigação em Ciências da Saúde (UICISA:E) da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Coordenadora da investigação realizada no âmbito da Humanitude do IGM-Portugal. Publicou um livro, vários capítulos de livros e de artigos científicos em revistas nacionais e internacionais. Realizou várias comunicações a nível nacional e internacional sobre Humanitude. Tem vários registos de patentes e prémios relativos a projetos de empreendedorismo.

Zélia Reis

Licenciada em Serviço Social, ano 1991, pelo Instituto Superior de Serviço Social do Porto.
Possui Curso de Mestrado em Ciências do Serviço Social, ano 2004, pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar em parceria com o Instituto Superior de Serviço Social do Porto e a faculdade de Economia, da Universidade do Porto.
Doutorada em Sociologia, ano 2020, pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho.
É co-autora de diversos trabalhos científicos e responsável por comunicações várias em Congressos nacionais.
Exerce actividade profissional há 32 anos e à data é Directora Delegada e integra a Mesa Administrativa da Misericórdia da Trofa, acumulando o cargo de Secretária, no mandato social de 2020-2024.
Recentemente, foi convidada a integrar a equipa de profissionais da Via Hominis Humanitude Portugal com funções de acompanhamento de processos institucionais de implementação da metodologia Cuidados Humanitude.

Oradores

João Pärtel Araújo

Licenciado em Enfermagem e Mestre em Gestão de Saúde, Doutorando em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Co-fundador da cooperativa de solidariedade social Via Hominis (Humanitude Portugal).

Formador e formador de formadores internacional na Metodologia de Cuidado Humanitude.

Liliana Henriques

Doutoranda em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem de Lisboa.

Formadora e consultora Humanitude Portugal.

Artur Costa Pereira

Formador Vie Social Humanitude – Institute Gineste Marescotti, France.

Após uma formaçao inicial de cuidador seguiu-se uma formaçao profissional de animador sociocultural feita em Portugal.
A vida levou-o até França com o objetivo de encontrar a Humanitude e dar sentido às suas escolhas profissionais. Após exercer no sector médico-social (Lar, Centro de dia), enquanto cuidador e animador,  torna-se responsável pela unidade de vida social e co-piloto da implementação da Humanitude até à certificação « Label ». As suas escolhas orientaram-no para a profissão
de formador. Há 4 anos que exerce funções como Formador Humanitude Vida Social e P.A.P (Projeto de Acompanhamento Personalisado). Desde então, a sua missão é a de acompanhar as equipas pluridisciplinares das instituições a darem sentido à dinamica social e forma ao “Lugar de vida, Lugar de vontades” que tanto se deseja criar.
As instituições devem ser um lugar de vida onde se cuida e nao um lugar de cuidados onde
se vive.

Jérôme Di Salvio

Formador Restauration Humanitude – Institute Gineste Marescotti, France.

Depois da obtenção do seu diploma de Chef decidiu viajar ao mesmo tempo que acumulava experiências profissionais múltiplas e variadas. Contactou com todo o tipo de restauração, nas mais diversas estruturas, até que montou uma primeira empresa especializada, entre outros aspectos, na entrega de refeições ao domicílio. Após o nascimento do seu segundo filho, decidiu com a família partir para viver na Colombia onde continuou a exploração profissional. Mas, desta vez, enveredou pelo ramo da panificação com abertura de 3 padarias em Bogota. Depois de alguns anos o desejo de regressar a França fez-se ressentir. A oportunidade de trabalhar com Sabine Soubielle e de integrar a equipa da Humanitude levou-o a decidir lançar-se na aventura e, após janeiro de 2021, percorre as estradas de França e da Europa para elevar bem alto os valores da Gastronomia adaptada.

Tânia Gomes

Diretora Técnica
Quinta Alegre
SCML

Dora Santos

Animadora Sociocultural
Quinta Alegre
SCML

Marina Vazão

Terapeuta Ocupacional
Quinta Alegre
SCML

Rita Santos

Enfermeira
Quinta Alegre
SCML

Téo Pitella

Mediador Cultural
Teatro São Luiz

Alexandra Silva

Diretora de Serviços
O Abrigo

Sandra Gouveia

Socióloga
O Abrigo

Parceiros Ouro

Parceiros Prata

Parceiros Bronze

EMPRESAS AMIGAS

Inscrições Encerradas

Intervir no presente a pensar no futuro – com o recurso a práticas inovadoras nos cuidados à pessoa idosa.

AUDITÓRIO COMPLETO

MISERICÓRDIA DA TROFA © 2024 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.